O Colégio

Proposta Pedagógica

A proposta pedagógica do Colégio Santa Marcelina resultou de um processo de reflexão da comunidade educativa, contemplando a dimensão bio-psico-social e ético-religiosa, objetivando o desenvolvimento integral do educando. É uma proposta de inspiração cristocêntrica e mariana para viver o catolicismo no meio educacional. Concretiza-se através da oferta de uma sólida e qualificada formação intelectual, afetiva, moral e espiritual para crianças e jovens. Esse projeto educacional realiza-se em integração com a família, comprometido com o processo de aprendizagem e com as exigências da cultura, disposto a contribuir na criação de condições e meios que melhorem a qualidade da vida pessoal, familiar e social da comunidade educativa.

A escola Marcelina assume como próprios os princípios de liberdade e os ideais de solidariedade humana da educação nacional, bem como suas finalidades: o pleno desenvolvimento do educando, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho. Esta escola oferece programas e serviços que possibilitem construir conceitos, procedimentos e atitudes que facilitem a formação de cidadãos conscientes, criativos e participativos. Enfim, formar homens e mulheres competentes capazes de responder às exigências do seu tempo, de respeitar a diversidade e de construir cultura, sem perder de vista o amor como valor fundamental de sua existência.

 

AVALIAÇÃO

A avaliação do rendimento escolar, na Rede Santa Marcelina de Educação do Brasil, tem caráter formativo e configura-se como processo global cumulativo, constante e contínuo de acompanhamento do aluno, considerando aspectos qualitativos e quantitativos.
 
Considerada a bússola norteadora de suas ações e de suas práticas, ocupa lugar de centralidade na proposta curricular.

Esta rede assume como sua missão formar o homem em sua totalidade e tem, como princípios filosóficos, a ética, a formação humana e cristã e, como princípios pedagógico-metodológicos, a interdisciplinaridade, a cultura e a consciência crítica da ciência. Essas bases conduzem, indiscutivelmente, a conceber a avaliação como uma dinâmica indissociável do processo ensino-aprendizagem e do desenvolvimento do aluno. Melhor dizendo: um modelo que permite acompanhar permanentemente as práticas educativas, detectando suas dificuldades e seus avanços.

Avaliação por Unidade

O ano letivo é dividido em quatro períodos, com nota obtida por somatório na escala de 0 a 100. Os instrumentos de avaliação são diversos: testes, provas, trabalhos, atividades de campo, dinâmicas de grupo e outros. Em cada período, são realizadas duas avaliações por disciplina no mínimo. O aluno que faltar às avaliações poderá recorrer à segunda chamada segundo as normas do regimento escolar.

Para que o aluno obtenha a aprovação direta, sem prova final, ele deve somar, ao final dos quatro períodos, 280 pontos, 70 pontos por período, o que corresponde à média anual (MA). 
Se o aluno não obtiver média anual igual a 70, o regimento escolar prevê prova final (1) e recuperação semestral (2), conforme demonstram esquema e legenda abaixo:

legenda

leg

legenda

A avaliação dos aspectos qualitativos fundamenta-se nas observações do professor, considerando-se os seguintes critérios: responsabilidade no cumprimento de tarefas, assiduidade, pontualidade, envolvimento e participação nas atividades propostas, solidariedade e postura investigativa, que possa enriquecer o processo de aprendizagem do grupo e do próprio aluno.

 

DISCIPLINAS

Educação Infantil

Português, Matemática, História, Geografia, Ciências, Inglês, Arte, Educação Física, Música e Ensino Religioso.

 

Ensino Fundamental I – 1º ao 5º ano

Português, Inglês, Arte, Educação Física, História e Geografia, Matemática, Ciências e Programas de Saúde, Ensino Religioso.

 

Ensino Fundamental II - 6º ao 9º ano

Português e Redação, Inglês, Espanhol, Arte, Educação Física, História, Geografia, Matemática, Ciências Físicas e Biológicas e Programas de Saúde, Ensino Religioso. 

OBS > no 9º. ano, as Ciências se compõem das disciplinas Física, Química e Biologia. 



Ensino Médio

Língua Portuguesa e Redação, Literatura, Inglês, Espanhol, Arte, História da Arte, Educação Física, História, Geografia, Sociologia, Filosofia, Ensino Religioso, Matemática, Física e Laboratório, Química e Laboratório, Biologia e Programas de Saúde.
 
O trabalho na Informática perpassa todas as disciplinas através de projetos pedagógicos.

Referencial Curricular

A Rede Santa Marcelina de Educação do Brasil, sentindo a necessidade de indicar novas maneiras de viver o carisma de seu fundador, Beato Luigi Biraghi, nos tempos dehoje, construiu o atual Referencial Curricular da Instituição, para contribuir na formação de um homem integrado ao contexto histórico de seu tempo. Desta forma, garantimos e reforçamos os preceitos contidos na Missão Marcelina, além de fazermos uma releitura atual dos fundamentos que alicerçam nossa Proposta Educativa.

Podemos afirmar que este referencial não é um novo documento, mas um novo olhar sobre o processo educativo da Rede Santa Marcelina de Educação do Brasil considerando os sinais dos tempos.
 
Ele se apoia na inspiração do Beato Luigi Biraghi. Tem a finalidade de sistematizar a fundamentação teórica sobre a qual se assentam as linhas gerais de sua unidade de ação educativa, para favorecer o crescimento pessoal e profissional de todos os que atuam na Instituição, bem como, buscar, coletivamente, o aprimoramento da qualidade de ensino.

Ciclos Educacionais

  • Ensino Fundamental <br> 1º ao 5º ano

    Ensino Fundamental
    1º ao 5º ano

    O aluno do Ensino Fundamental passa por um período de importantes transformações.

  • Ensino Fundamental <br> 6º ao 9º ano

    Ensino Fundamental
    6º ao 9º ano

    Privilegia-se, nesta fase, o desenvolvimento da leitura, da escrita e do cálculo.

Localização

Rodovia BR 364,17 - RO Cep:76801-974