Carta
aberta aos membros da Comunidade Marcelina



Caro membro da Comunidade Acadêmica Família Marcelina,

Atravessamos hoje uma situação de grande impacto na nossa vida, não apenas em nosso país, mas no mundo todo.

A pandemia do COVID-19, declarada pela OMS há alguns dias, colocou a todos numa posição de alerta e implementação de nova rotina, com cuidados para evitar não apenas que fôssemos contaminados, mas que não nos tornássemos agentes de propagação do vírus no meio em que vivemos.

As recomendações sobre as formas corretas de higiene, uso constante de álcool em gel e, quando necessário, de máscaras descartáveis, e o pedido para evitar aglomerações, amplamente divulgados na mídia, conforme orientação dos órgãos competentes, passaram a integrar nosso dia a dia.

Diante deste cenário, nós, da Faculdade Santa Marcelina, buscamos atuar prontamente, de modo a contribuir para contenção da disseminação da doença.

Todas as ações adotadas até o momento visaram agir com responsabilidade, garantindo ao máximo a integridade de todos os membros da nossa comunidade: corpo docente e discente, colaboradores, irmãs Marcelinas (e seus familiares, por extensão), provocando o menor impacto possível nas atividades acadêmicas, para não prejudicar a formação de nossos alunos.

Antes do anúncio da pandemia, mas diante da iminente chegada da doença ao nosso país, iniciamos a conscientização sobre as medidas para o seu enfrentamento, além de disponibilizar álcool em gel em todos os ambientes em nossas duas unidades (Itaquera e Perdizes) e máscaras a todos que apresentassem ao menos um dos sintomas do coronavírus (tosse, febre e/ou dificuldades para respirar).

Em decorrência do apelo das autoridades (Governo e Prefeitura de São Paulo), em 13/03 anunciamos a suspensão temporária das aulas presenciais e práticas em campo de estágio, buscando limitar a circulação e concentração de pessoas, evitando aglomeração, dado o aumento dos casos por transmissão comunitária (quando não é possível identificar a trajetória de infecção do vírus).

Hoje, em face da progressão da doença e urgente necessidade de que continuemos em isolamento, informamos que a suspensão das aulas, programada para encerrar em 23/03, continuará por tempo indeterminado, e a partir da próxima segunda-feira, as duas unidades estarão completamente fechadas, com interrupção do atendimento presencial.

Como todas as decisões tomadas em nossa instituição, essa medida de suspensão integral dos trabalhos presenciais foi intensamente avaliada e programada para que as áreas que, a partir do dia 23/03, realizarão suas atividades remotamente, em esquema de home office, pudessem se estruturar quanto à mudança de processos e implementação de necessidades tecnológicas.

Nosso comprometimento com toda a Família Marcelina norteou, na última semana, o planejamento para continuidade de nosso trabalho a partir de agora, até que toda esta situação esteja sob controle, para que o prejuízo àqueles que confiam em nossa instituição seja o menor possível:

- O atendimento continuará a ser realizado remotamente, pelos canais digitais: e-mail, Facebook/Instagram e Whatsapp. Acreditamos que, dadas as implementações realizadas por nossa área de Tecnologia de Informação durante essa semana, seja possível atender por completo às demandas que surgirem;

- Coordenadores e professores dos cursos avaliaram, durante os últimos dias, quais as adaptações necessárias para que o conteúdo das aulas pudesse ser convertido para outros formatos (quando o curso permitir), disponibilizado pela plataforma Moodle. Todos os alunos serão informados, periodicamente, sobre a atualização dessas informações;

- Situações não contempladas nessa ponderação inicial serão tratadas à medida que surgirem, e respondidas com a maior prontidão possível;

- O canal com todos os coordenadores está aberto e eles podem concentrar algumas dúvidas, direcionando internamente, para que os setores responsáveis tomem as devidas providências.

As unidades Itaquera e Perdizes manterão o expediente parcial até amanhã, 20/03, às 19h. Caso você tenha necessidade de buscar algum material deixado em seu armário, ou queira aproveitar para retirar livros na biblioteca, solicitamos que compareça à respectiva unidade até as 18h.

O momento que enfrentamos é exigente e pede de todos nós paciência, criatividade e resiliência. Estamos trabalhando incansavelmente para que tudo seja realizado, buscando o melhor cenário para todos (em nossa comunidade acadêmica, em nossa cidade e, por consequência, em nosso país, já que esse é um problema que transcende fronteiras e afeta o mundo todo), e por isso contamos com a sua compreensão.

Reforçamos o apelo para que observem as medidas apresentadas, não apenas sobre as práticas de higiene, mas também sobre a necessidade de circulação pela cidade, para aumentar a segurança de todos: a sua, das pessoas com quem você reside e daquelas que passam por você no dia a dia.

Fiquem atentos aos nossos canais oficiais de comunicação: site, Facebook e Instagram e e-mail. Toda atualização de informação será transmitida através desses meios. E fale conosco para qualquer necessidade: faremos todo o possível para ajuda-lo, mesmo à distância.

Diante de todo o cenário mundial, convidamos a todos para orarmos, invocando misericórdia a Deus por nossa humanidade.

Acreditamos que, juntos e unidos em oração, convergindo nossos esforços, superaremos essa situação, como Família Marcelina da qual fazemos parte.

 

Deus abençoe a todos.

Irmã Maria Aparecida Matias de Oliveira - Diretora Geral
Profa. Dra. Lucimara Duarte Chaves - Diretora Acadêmica